O secretário de Agricultura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente de Brumado, cidade localizada no Sudoeste da Bahia, Rodrigo Vasconcelos, e outros 11 servidores públicos foram exonerados. A exoneração ocorreu depois que o Ministério Público da Bahia (MP-BA) identificou casos de nepotismo na administração municipal. Lembrando que Rodrigo é filho do prefeito do município, Eduardo Vasconcelos.

A prefeitura de Brumado afirmou que a procuradoria municipal entrará com uma ação judicial para que a recomendação seja analisada pelo judiciário, com a finalidade de saber se os casos em questão realmente se configuram como nepotismo.

Por meio de nota, MP-BA informou que, depois que ficou sabendo do fato, recomendou que a prefeitura exonerasse os servidores. A administração municipal optou por acatar a recomendação e publicou a exoneração no Diário oficial do Município da última sexta-feira (20).

Informações: Redação VN

COMPARTILHAR